• 43 3461-3332
  • 43 99613-8338
Aviso X
Desculpe, infelizmente ocorreu um erro.

0

Meu carrinho R$ 0,00
R$ 0,00
Que pena!

Ainda não há itens em seu carrinho.

Filtros
Preço
Cor
Marca
Tamanho

FREIO E BRIDÃO

Quando falamos no sentido geral dizemos ``Embocaduras´´ isto é, se refere a todas as ferramentas (tipos de bridão e freios) de condução da boca do animal. Existem milhares de modelos e composições de embocaduras para diferentes partes do treinamento: iniciação, intermediárias e avançadas. Ao contrário do que algumas pessoas erroneamente dizem a embocadura nunca deverá causar dor na boca do animal, quando bem escolhida de acordo com os pontos de sensibilidade e conforto de cada animal a embocadura não se tornará um desconforto a ele. Quanto ao material interno da embocadura (bocal) dar preferência ao ferro ou ferro com cobre que ajudarão na salivação deslizando o material dentro da boca sem causar lesão. Evitar colocar bocal feito de Inox pois este não estimula a salivação predispondo o animal a lesões. É indicado que na iniciação do treinamento use bridão que é a embocadura de comando mais simples para cavalos inexperientes para depois continuar na sequência de freios conforme seu cavalo evoluir no treinamento. Ao contrário do que muitos pensam não existem freios milagrosos como por exemplo: freios para baixar cabeça de cavalo e sim freios que auxiliam em um processo de treinamento facilitando certos procedimentos. O uso de freio deve ser feito com barbela que possibilitará sua correta posição e ação na boca do animal. A classificação das embocaduras (tipos de bridão e freios) é um assunto muito vasto e um pouco complicado pois envolve muitas considerações através do conjunto de tamanho de braço/tamanho de perna/tipo do bocal, mas de modo geral devemos conhecer esta classificação básica que vai de 1 a 5 conforme seu GRAU DE AÇÃO: 1- ação branda (leves), 2- ação branda/moderada, 3- ação moderada (médios), 4- ação moderada/severa e 5- ação severa/correção (pesados). Essa classificação é válida para o uso de freios e bridões em todos os equídeos de qualquer raça sendo muares, quarto de milha, crioulo, manga-larga, e todo tipo de uso ou esporte como rédeas, laço em dupla, laço comprido, laço de bezerro, woking cow horse, apartação, leves de boca ou queixudos.

FREIO E BRIDÃO

Quando falamos no sentido geral dizemos ``Embocaduras´´ isto é, se refere a todas as ferramentas (tipos de bridão e freios) de condução da boca do animal. Existem milhares de modelos e composições de embocaduras para diferentes partes do treinamento: iniciação, intermediárias e avançadas. Ao contrário do que algumas pessoas erroneamente dizem a embocadura nunca deverá causar dor na boca do animal, quando bem escolhida de acordo com os pontos de sensibilidade e conforto de cada animal a embocadura não se tornará um desconforto a ele. Quanto ao material interno da embocadura (bocal) dar preferência ao ferro ou ferro com cobre que ajudarão na salivação deslizando o material dentro da boca sem causar lesão. Evitar colocar bocal feito de Inox pois este não estimula a salivação predispondo o animal a lesões. É indicado que na iniciação do treinamento use bridão que é a embocadura de comando mais simples para cavalos inexperientes para depois continuar na sequência de freios conforme seu cavalo evoluir no treinamento. Ao contrário do que muitos pensam não existem freios milagrosos como por exemplo: freios para baixar cabeça de cavalo e sim freios que auxiliam em um processo de treinamento facilitando certos procedimentos. O uso de freio deve ser feito com barbela que possibilitará sua correta posição e ação na boca do animal. A classificação das embocaduras (tipos de bridão e freios) é um assunto muito vasto e um pouco complicado pois envolve muitas considerações através do conjunto de tamanho de braço/tamanho de perna/tipo do bocal, mas de modo geral devemos conhecer esta classificação básica que vai de 1 a 5 conforme seu GRAU DE AÇÃO: 1- ação branda (leves), 2- ação branda/moderada, 3- ação moderada (médios), 4- ação moderada/severa e 5- ação severa/correção (pesados). Essa classificação é válida para o uso de freios e bridões em todos os equídeos de qualquer raça sendo muares, quarto de milha, crioulo, manga-larga, e todo tipo de uso ou esporte como rédeas, laço em dupla, laço comprido, laço de bezerro, woking cow horse, apartação, leves de boca ou queixudos.